sexta-feira, 28 de agosto de 2015

BANCO DO BRASIL: CONCURSO

concursos
Danilo Chamas / Fotomontagem iG sobre SXC/Flickr CC
concursos
O Banco do Brasil tem inscrições abertas até segunda-feira (31) para 860 vagas de nível médio para escriturário (95 imediatas), com salário inicial de R$ 2.227,26.
Os contratados terão ainda direito aos benefícios vale-transporte; vale-cultura, auxílio-creche; ajuda alimentação/refeição, auxílio a filho com deficiência; plano odontológico; assistência médica e participação nos lucros e previdência privada.
Segundo edital da Cesgranrio, a taxa de inscrição custa R$ 42 e a jornada de trabalho é de 30 hora semanais. As colocações são para os Estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. 
As informações sobre os respectivos locais de provas estarão disponíveis site da Cesgranrio, a partir de 14 de outubro.
As provas ocorrem em três etapas:
1ª) Avaliação de conhecimentos, mediante a aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório;
2ª) Redação, de caráter eliminatório;
3ª) Perícias Médicas e Procedimentos Admissionais, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade do Banco do Brasil.

PIMENTEL PREGA UNIÃO COM O PMDB

Atento à situação política ao seu redor, que emite alguns sinais de atenção, e sem tirar os olhos da crise federal, o governador Fernando Pimentel (PT) pediu ontem, durante café da manhã com deputados e secretários petistas para que não cometam os mesmos erros do governo Dilma Rousseff (PT), e que mantenham a aliança com os partidos da base, especialmente o PMDB. Para o governador, o PMDB é a garantia de governabilidade da presidente Dilma e de sua própria gestão.
 
O encontro aconteceu no Palácio da Liberdade e reuniu a bancada estadual do PT de dez deputados e oito secretários petistas. Os erros apontados pelo governador referiam-se à dificuldade de convivência e articulação política da presidente e de sua equipe com o PMDB, apesar de o partido ser bem aquinhoado com sete ministérios. A convivência com o PT, todos reconhecem, é muito difícil, como já reclamam peemedebistas e outros aliados na Assembleia Legislativa. “O PT só quer para ele”, desabafou um deputado do PMDB, que sabe que a dependência e o apoio mútuo são vitais para ambos os partidos.
 
Na explanação feita por Pimentel, a crise nacional é mais política do que econômica, e que a primeira afeta mais a segunda, ampliando a sensação de pessimismo para além da realidade. Sobre o risco de impeachment da presidente, disse não acreditar na possibilidade porque as condições mudaram a favor. A respeito das contas eleitorais da presidente, avaliou que o Supremo Tribunal Federal deverá barrar a medida do Tribunal Superior Eleitoral de investigar o que já foi julgado, ou seja, não se poderia reabrir um processo. Viu também recuo no depoimento do pivô do escândalo na Petrobras, o doleiro Alberto Yousseff, de acordo com a acareação feita na quarta-feira (26) na CPI da Petrobras.
 
Para concluir, disse que a superação da crise política passa pela reforma ministerial, com repactuação na relação com a base aliada por meio da liberação de emendas parlamentares, que, hoje, são até impositivas.

Orion Teixeira

O HOMEM MAIS RICO DO BRASIL


FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO
Jorge Paulo Leman
Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil em 2015, segundo levantamento da revista "Forbes Brasil", divulgado nesta sexta-feira (28). Ele já havia ficado no topo da lista em 2014. 
 
Além de Lemann, outros dois bilionários no ranking, Marcel Telles e Beto Sicupira, são controladores da AB Inbev. O trio quase duplicou seu patrimônio desde o ano passado.
 
De acordo com a revista, 80 dos 150 bilionários brasileiros do ranking anterior tiveram seu patrimônio aumentado ao longo do último ano, apesar da crise econômica. O patrimônio dos 160 bilionários brasileiros da lista 2015 atinge cerca de R$ 806,66 bilhões, o equivalente a 14,66% do PIB brasileiro no último ano. 
 
Os dez brasileiros mais ricos, segundo a "Forbes Brasil":
1º - Jorge Paulo Lemann - R$ 83,7 bi
2º - Joseph Safra - R$ 52,9 bi
3º - Marcel Herrmann Telles - R$ 42,26 bi
4º - Carlos Alberto Sicupira - R$ 36,93 bi
5º - João Roberto Marinho - R$ 23,8 bi
6º - José Roberto Marinho - R$ 23,8 bi
7º - Roberto Irineu Marinho - R$ 23,8 bi
8º - Eduardo Saverin - R$ 17,53 bi
9º - Marcelo Odebrecht & família - R$ 13,1 bi
10º - Abilio dos Santos Diniz - R$ 12,83 bi

TRE-MG: CASSA DEPUTADOS

LUCAS RAGAZZI
O Tribunal Regional Eleitoral de Minas (TRE-MG) cassou nesta quinta-feira (27) os mandatos do deputado federal Pastor Franklin (PTdoB) e do deputado estadual Missionário Márcio Santiago (PTB). A decisão, que teve o placar de 4 a 3 votos favoráveis à cassação, deixa os dois religiosos inelegíveis pelos próximos oito anos. Além deles, o pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, também foi condenado.
As ações foram movidas pelo ex-deputado estadual Marques (PTB), que argumentou que os deputados praticaram abuso de poder político, de autoridade e religioso, em razão de evento de cunho religioso que aconteceram na Praça da Estação, em Belo Horizonte, às vésperas das eleições 2014.
Com a cassação dos mandatos, Marques deve retornar à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), onde exerceu um mandato na última legislatura, entre 2011 e 2014. Já na Câmara Federal, o deputado Pastor Franklin sairá para dar lugar a Gustavo Mitre (PHS), que obteve mais de 40 mil votos na eleição do ano passado.


PLANALTO: PMDB FICA!

:
Apesar da saída do vice-presidente Michel Temer da articulação política, o PMDB, ao contrário do que uns desejaram e outros temeram, não deixará o governo da presidente Dilma Rousseff; sinal mais eloquente foi a decisão da cúpula partidária de não realizar um congresso do partido este ano, como andou cobrando o presidente da Câmara, Eduardo Cunha; como o PMDB aprovou em convenção a aliança com o PT e o ingresso no Governo, dizem os caciques, o desembarque também terá que ser decidido em convenção; e a próxima está marcada para o ano que vem.

BRASIL: SOMOS 204 MILHÕES


fila
A população brasileira superou a marca dos 204 milhões de habitantes neste ano. Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgadas hoje (28) no Diário Oficial da União, o país tinha, em 1° de julho deste ano, 204.450.649 habitantes. No ano passado, a população estimada era 202.768.562.
O IBGE também divulgou as populações estimadas das 27 unidades da Federação e dos municípios brasileiros. O estado mais populoso do país, São Paulo, tem 44,4 milhões de pessoas. Mais cinco estados têm populações que superam os 10 milhões de habitantes: Minas Gerais (20,87 milhões), Rio de Janeiro (16,55 milhões), Bahia (15,2 milhões), Rio Grande do Sul (11,25 milhões) e Paraná (11,16 milhões).
Três estados têm populações menores do que 1 milhão: Roraima (505,7 mil), Amapá (766,7 mil) e Acre (803,5 mil). As demais unidades da Federação têm as seguintes populações: Pernambuco (9,34 milhões), Ceará (8,9 milhões), Pará (8,17 milhões), Maranhão (6,9 milhões), Santa Catarina (6,82 milhões), Goiás (6,61 milhões), Paraíba (3,97 milhões), Amazonas (3,94 milhões), Espírito Santo (3,93 milhões), Rio Grande do Norte (3,44 milhões), Alagoas (3,34 milhões), Mato Grosso (3,26 milhões), Piauí (3,2 milhões), Distrito Federal (2,91 milhões), Mato Grosso do Sul (2,65 milhões), Sergipe (2,24 milhões), Rondônia (1,77 milhão) e Tocantins (1,51 milhão).

PROCESSO SELETIVO PARA JUÍZES LEIGOS

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) está com inscrições abertas para a seleção pública que vai designar 54 juízes leigos para as comarcas do Estado. As inscrições podem ser feitas até 21 de setembro, exclusivamente pelo site: www.consulplan.net. Para concorrer às vagas os candidatos devem ser advogados com mais de dois anos de experiência. O processo seletivo oferece oportunidade nas comarcas de Montes Claros,Januária, Pirapora e outras 42 comarcas, incluindo Belo Horizonte.

fonte:gazetanortemineira

SENADO: PENDÊNCIAS JUDICIAIS


Quase 40% dos senadores estão sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 81 integrantes do Senado, pelo menos 30 respondem a inquéritos ou ações penais na mais alta corte do país. As suspeitas vão de crimes de corrupção, contra a Lei de Licitações e eleitorais até delitos de menor gravidade, como os chamados crimes de opinião.
Entre os investigados, 12 são alvos da Operação Lava Jato, como o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente da República Fernando Collor (PTB-AL), único senador denunciado até agora pela Procuradoria-Geral da República.

DILMA: RECRIAR A CPMF


20141201032101_cv_CPMFCPiotti_cpmf_thumb1_gdeA proposta de recriar a CPMF para reforçar o caixa da União em estudo no governo prevê que a alíquota do tributo fique em 0,38%. Esse foi o percentual que vigorou de 1999 até o final de 2007, quando a contribuição foi extinta.
Para tornar a medida mais palatável e aumentar suas chances de aprovação no Congresso, a ideia do governo também é propor que a CPMF passe a ser partilhada com estados e municípios e não fique mais exclusivamente nas mãos da União.


WILL NUNES:
A presidente Dilma parece realmente está vivendo outra  realidade. O país vivendo uma situação delicada  e a popularidade se arrastando pelo o chão, ela ainda fala em criar imposto. É brincadeira!

PREVIDÊNCIA DE OLHOS NOS PREFEITOS

Previdência Social vai lançar um olhar mais atento sobre os repasses dos municípios. Segundo contam,  prefeitos não estariam depositando os valores previdenciários. Os descontos são percebidos nos contracheques, mas não ocorre o depósito.

"REFLETIR"


king

ENTREVISTA: AÉCIO FALA EM AFASTAMENTO DO EDUARDO CUNHA E DA LISTA DE FURNAS

Aécio Neves deu sinais públicos de que, afinal, se convenceu que a aliança com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, agora, passou a ser um elemento de desmoralização  dos tucanos e que o peemedebista se tornou um caminho inviável para promover o impeachment de Dilma, sua obsessão.

Hoje, em entrevista a Kennedy Alencar, no SBT, Aécio disse que “”A aceitação da denúncia por parte do Supremo [Tribunal Federal] tira de Eduardo Cunha}  as condições, acredito eu, mínimas de condução da Câmara dos Deputados”.
Há poucos dias, Aécio liderou a reação do PSDB em uma nota sem uma palavra contra Cunha.

E, como a aceitação da denúncia pelo STF é “favas contadas” – até porque sua recusa demoliria toda a autoridade da PGR – tem-se que é, na prática, um anúncio de rompimento com Cunha, embora a bancada tucana na Câmara continue “cunhista de quatro costados”.
Mas Aécio foi além: disse a Kennedy que admite que não existem codições políticas para o impeachment – “acho que (isso) ainda não está claro. Eu reconheço isso.”

Em uma e outra declaração não é demais ver o susto tomado pelo senador mineiro com a reafirmação de Alberto Youssef de que era um dos beneficiários da propina em Furnas.

Vai que o Dr. Rodrigo Janot, já livre da pressão de conseguir os votos dos senadores, lembre que um laudo do Instituto Nacional de Criminalística, da Polícia Federal, confirmou a veracidade daquela “Lista de Furnas”, onde ele aparece como um dos beneficiários de propina na empresa?

Vai que aquela tirada do Procurador Geral da República sobre “pau que dá em Chico também dá em Francisco” não tenha sido só uma retórica hipócrita?
Assista a entrevista, veiculada pelo SBT


DEPUTADO SOLTA O VERBO DIANTE DE DENÚNCIAS CONTRA AÉCIO

São Paulo – “É um absurdo a blindagem da mídia. Aqui em Minas a gente ficou acostumado com isso porque Aécio Neves tinha uma relação doentia com a imprensa”, afirmou o deputado estadual Rogério Correia (PT-MG) em entrevista para a Rádio Brasil Atual, (26). Além da cobertura tendenciosa da mídia em relação às delações da operação Lava Jato, o parlamentar relata esquemas de caixa 2 e de propinas promovidos pelos tucanos em Furnas e nas eleições de 2002.
“Existe um laudo da Polícia Federal que eu e outros parlamentares entregamos pessoalmente nas mãos de Janot. Temos todas as provas também de um inquérito feito pelo próprio Ministério Público acerca de caixa dois e propinas em Furnas”. Correia não hesita em afirmar que ‘a principal responsabilidade de tudo isso vinha das campanhas do senador Aécio Neves’.
O deputado avalia os valores levantados pelo esquema de corrupção. “Aécio ‘amigalhou’ R$ 5,5 milhões apenas para ele. Nas provas também tem o que foi para José Serra e para Alckmin. Ali (em Furnas) foi feito o caixa 2 dos tucanos em 2002″.
De acordo com Correia, até mesmo a imprensa que hoje blinda o PSDB noticiou o esquema. “No dia 19 de maio de 2006, às 9h50, a Folha de São Paulo deu a seguinte manchete: ‘Novo laudo da PF indica que lista de Furnas é autêntica”’. Sobre os desdobramentos e a ausência de denúncias e processos contra Aécio, “foram fazendo pizzas e pizzas. Os tucanos enrolando e o MP deixando para lá”, disse.
O parlamentar reafirma a necessidade de uma atitude da Procuradoria-Geral da República. “O bandido do Yousseff comprova que entregava dinheiro para Aécio através da empresa Bauruense. Isso desde a época de Furnas até a Petrobras. O Janot tem todas as provas.”

LULA EM 2018


lulapt
O ex-presidente Lula concedeu entrevista exclusiva à Rádio Itatiaia nesta sexta-feira, direto de Montes Claros, no Norte de Minas, onde participou nesta quinta do Primeiro Encontro dos Povos das Gerais.

Lula deu início a uma série de viagens pelo país para discutir a situação do país e levar uma mensagem de otimismo aos seus interlocutores e à população brasileira. Ainda que não tenha se colocado oficialmente na condição de candidato petista nas próximas eleições presidenciais, Lula deixou claro que não descarta um retorno ao Palácio do Planalto em 2018.

“Não posso dizer que sou, nem que não sou (candidato). Sinceramente, espero que tenha outras pessoas para serem candidatas. Agora, uma coisa pode ficar certa. Se a oposição pensa que vai que vai ganhar, que não vai ter disputa e que o PT está acabado, ela pode ficar certa do seguinte: se for necessário, eu vou para a disputa e vou trabalhar para que a oposição não ganhe as eleições”, decretou Lula.

Sobre a grave crise econômica que atinge o Brasil, Lula admite que o governo Dilma Rousseff errou na condução do problema. “Lógico que teve erros. Se não tivesse erros a gente não tinha chegado onde nós chegamos. A Dilma reconhece que houve erros. Acho que houve alguns equívocos nossos na questão econômica e que a Dilma tentou consertar quando propôs o ajuste fiscal. Ou seja, a gente só pode gastar aquilo que a gente tem”, analisou.

O ex-presidente voltou a afirmar que jamais teve conhecimento sobre o enorme esquema de corrupção na Petrobras, revelado pela Operação Lava Jato. “Eu até gostaria de ter sabido antes. Eu não sabia, a Polícia Federal não sabia, a imprensa não sabia, o Ministério Público não sabia, a direção da Petrobras não sabia. Só se ficou sabendo depois que houve um grampeamento e pegou o tal do Youssef (Alberto), que já tinha muitas passagens pela polícia, falando com outros caras”, enfatizou.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

OPERADORAS "P" DA VIDA COM O WHATSAPP

Representantes da Vivo, Oi, Claro, TIM, Nextel e Algar Telecom criticaram ontem (25) a alta carga tributária que recai sobre os serviços de telecomunicações no País. Para as empresas, o excesso de tributos pode comprometer os investimentos na prestação dos serviços de convergência – transmissão de voz local e de longa distância, telefonia móvel, a rede banda larga e a TV por assinatura.
Durante a audiência, executivos de operadoras de telefonia criticaram a falta de regras para as chamadas de voz no WhatsApp. Eles argumentam que a empresa por trás do aplicativo viabiliza as chamadas por meio de números públicos e usa a rede de outras empresas, sem pagar licença de prestação dos serviços de telefonia. As regras do jogo devem valer para todos, defenderam os executivos de Telecom.
WILL NUNES:
Uai! Esqueceram de lembrar do péssimo atendimento aos usuários.Está cada vez mais comum os problemas para quem usa o celular. Que diga os Procons do Brasil inteiro.

NORTE DE MINAS: MINISTÉRIO PÚBLICO DE OLHO

detetive1O Ministério Público está de olho em algumas prefeituras do Norte de Minas!

PATOS DE MINAS: PIMENTEL E ANTÔNIO ANDRADE - FÓRUNS REGIONAIS


O Governador Fernando Pimentel e o Vice Antônio Andrade inauguraram o Fórum em Patos de Minas.
Patos de Minas recebeu nesta quarta-feira (26), o Fórum Regional para a instalação do 12º Território de Desenvolvimento do Estado. Durante a manhã, além de prefeitos, deputados e lideranças e de representantes de entidades e movimentos sociais, o encontro contou com a presença do governador, Fernando Pimentel, do vice-governador Antônio Andrade e de pelo menos 10 secretários de estado.
O fórum marca oficialmente a participação popular na elaboração, monitoramento e avaliação de políticas públicas regionalizadas. A iniciativa deve nortear as ações de governo para a promoção do desenvolvimento econômico e social. As propostas serão organizadas em cinco áreas: educação, saúde e proteção social, segurança, infraestrutura e logística e desenvolvimento produtivo, cientifico e tecnológico.
As lideranças da região aproveitaram o encontro para apresentarem suas reivindicações. Retomada de obras que estão paralisadas, pavimentação de estradas, instalação de órgãos do governo, como o escritório da Supram e desburocratização dos serviços oferecidos pelo Estado são algumas das demandas apresentadas.
O governador Fernando Pimentel destacou a situação difícil em que pegou o estado com déficit orçamentário de R$ 7,2 bilhões e cerca de 700 obras paralisadas por falta de pagamento, mas adiantou que em seis meses de administração, Minas conquistou grandes avanços, como o piso nacional da educação, a retomada de diversas obras e a liberação de recursos para os municípios.
O governador surpreendeu também no tratamento com servidores estaduais em greve e que foram participar do encontro. Servidores do IMA e os técnicos da educação fizeram um protesto pacífico e receberam a promessa do governador que todos os casos estão sendo analisados.

Autor: Maurício Rocha

A PELEJA DAS CONTAS DE CAMPANHA DO GOVERNADOR PIMENTEL

Um pedido de vista do ministro Henrique Neves adiou o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da prestação de contas eleitorais do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT).

Na sessão desta terça, a relatora do recurso do petista, ministra Maria Thereza de Assis Moura, votou pela rejeição das contas da campanha, mas opinou contra a multa de R$ 52 milhões imposta pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas.

Mesmo com o pedido de vista, o ministro João Otávio de Noronha pediu para adiantar seu voto pela aprovação das contas e, consequentemente, a suspensão da multa. Assim, o julgamento está empatado no que diz respeito ao recurso (um voto a favor de Pimentel e um contrário), mas favorável ao governador mineiro em relação à aplicação da multa (dois votos contrários à sanção). Ainda faltam os votos de cinco ministros, e não há prazo para que Henrique Neves libere novamente a ação.

Em dezembro de 2014, o TRE desaprovou a prestação de contas de campanha de Pimentel alegando irregularidades na emissão de recibos eleitorais, extrapolação de limite de gastos em R$ 10 milhões, entre outras inconsistências. O petista recorreu ao TSE.


Ao mesmo tempo, com base na reprovação da Justiça Eleitoral mineira, o Ministério Público Eleitoral (MPE) apresentou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) no TRE pedindo a perda do mandato do petista. Em março, Pimentel conseguiu suspender em caráter liminar a tramitação desta Aije até que o recurso ao TSE fosse julgado. Contudo, em julho, a Corte mineira decidiu dar prosseguimento à ação eleitoral, que não foi concluída.

IMPRENSA INTERNACIONAL DESTACA ENVOLVIMENTO DE AÉCIO COM O ESCÂNDALO DE FURNAS

Diferente da grande mídia nacional que não deu a devida divulgação em que o doleiro Youssef confirma ter sabido de propinas pagas ao senador Aécio Neves no esquema de Furnas, contado pelo ex-deputado José Janene (PP-PR). A mídia internacional enfatizou o assunto, complicando a imagem de Aécio diante do povo brasileiro, já que tem sido o principal crítico do governo diante do escândalo do lava jato.
Captura de Tela 2015-08-25 às 22.26.58


"REFLETIR"

LAGAMAR: VEREADORES CASSAM O PREFEITO

A Câmara Municipal de Lagamar, cidade localizada na região do Noroeste Mineiro cassou o mandato do prefeito Dr. Cássio Marra (PDT), por 8 votos a favor e uma abstenção.

Depois da decisão, foi empossado pelo o presidente da Casa Legislativa Marcinho Pereira, o vice-prefeito, José Alves Filho “Zico” (PMDB) como o novo chefe do executivo municipal. O prefeito foi acusado de dispensar processo licitatório na contratação de shows realizados em 2013 durante a festa de aniversário da cidade.


Lagamar que já vive uma crise sem fim, agora terá de conviver como uma nova realidade política.

AÉCIO É CITADO NA LAVA JATO E A GRANDE IMPRENSA FICA MUDA


:
Hashtag #PodemosTirarSeAcharMelhor foi o tema mais comentado no Twitter desde ontem, quando o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef reafirmam na CPI da Petrobras, na Câmara, que o senador tucano recebeu propina de Furnas; portal UOL alterou sua manchete principal para ocultar o nome de Aécio Neves; jornalista Fernando Brito, do blog Tijolaço, aponta "silêncio sepulcral" da mídia em relação ao caso e questiona: "Os jornais não vão buscar mais detalhes: quem pagava, como pagava, quem levava, quem recebia – a bufunfa? Vamos ficar no 'não vem ao caso'? Ninguém quer tomar a palavra de um bandido da cepa de Youssef como verdade, mas – ao contrário de tudo o mais que ele falou – não se vai investigar?"; termo 'Podemos tirar, se achar melhor' teve origem em março, quando a agência Reuters vazou essa orientação em uma reportagem que citava FHC.
247 – A ocultação do nome do senador Aécio Neves (PSDB-MG) das manchetes dos principais veículos da imprensa tradicional no País é o debate principal nas redes sociais desde que o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa reafirmaram, nesta terça-feira 25, durante sessão da CPI da Petrobras, na Câmara dos Deputados, que o tucano recebeu propina de Furnas.
O portal UOL ganhou destaque nas críticas, por ter alterado sua manchete principal sobre o tema, ocultando os nomes de Aécio e do ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, já morto. De "Youssef e Costa confirmam repasse de propinas a Aécio Neves e Sérgio Guerra", o título foi modificado para "Em CPI, Youssef e Costa citam repasse de propinas de estatais a tucanos". Afoto dos dois títulos circula nas redes.

COM O PRESTÍGIO EM ALTA VICE-GOVERNADOR SERÁ REELEITO PRES. DO PMDB MNEIRO

Está definida a reeleição de Antônio Andrade na presidência do PMDB de Minas. As principais lideranças do partido já se entenderam sobre isso.

BELO HORIZONTE: PSDB QUER CANDIDATURA PRÓPRIA EM BH

O deputado federal Marcus Pestana (PSDB) se encontrou com o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), para avisar que seu partido já decidiu não abrir mão de ter uma candidatura própria à administração municipal no ano que vem. Pestana explicou a Lacerda que a decisão reflete fatores de uma dimensão nacional. “Eu expus a ele que essa é uma decisão muito clara e inevitável em nossa estratégia”, explica o parlamentar tucano.

O prefeito deve se encontrar nas próximas semanas com o senador Aécio Neves (PSDB) para que discutam os próximos passos na discussão de 2016, incluindo seus reflexos em 2018.
Mesmo decidindo ter a candidatura própria, os tucanos têm a esperança de ter o PSB ao seu lado na disputa pela PBH. Segundo Pestana, uma composição com o partido do prefeito “seria o ideal”. No entanto, o partido entende que isso talvez não seja possível no primeiro turno. “Não havendo um candidato natural, como parece não haver, podemos ter uma eleição em dois turnos, com uma união no segundo turno”, explicou

VICE-GOVERNADOR ANTÔNIO ANDRADE QUER KALIL CANDIDADO A PREFEITO EM BH


O ex-presidente do Atlético Alexandre Kalil passou boa parte da tarde desta terça reunido com o vice-governador do Estado, Antônio Andrade (PMDB), na Cidade Administrativa. No encontro, o peemedebista, que é presidente do partido em Minas, convidou o atleticano para se filiar à sigla e ser seu candidato à Prefeitura de Belo Horizonte no ano que vem.

Não é a primeira vez – e, segundo interlocutores, não será a última – que Kalil é convidado para a disputa eleitoral de Belo Horizonte. Em julho, como noticiado pelo Aparte, o deputado federal Marcelo Aro (PHS) chamou o ex-presidente do Galo para pleitear o cargo pelo PHS. Na época, Kalil negou a informação.

A reunião desta terça, coberta de mistério até para pessoas próximas do vice-governador, não contou com um desfecho claro. Segundo fontes da coluna, não houve recusa nem acerto entre as partes. Como o “assédio” das siglas em cima de Kalil tem sido grande, o atleticano deve considerar as opções para optar por aquela que tiver mais independência.

Em conversa com a coluna, Kalil confirmou a reunião, mas não revelou o conteúdo do encontro. “Isso você tem que perguntar para o Antônio Andrade”, disse. O vice-governador adotou postura semelhante. “Não vou comentar, até porque não tocamos nesse assunto (filiação ao PMDB). Foi apenas uma reunião de cortesia”, afirmou o peemedebista, em tom esquivo.

FACEBOOK: COMPARTILHEMNTO DE FOTOS


moments
O Facebook lançou nesta terça-feira (25) o Moments, um aplicativo desenhado para facilitar o compartilhamento de fotos com amigos. A ideia do app, que está disponível para aparelhos Android (clique aquipara baixar) e iOS (clique aqui para baixar), é sincronizar em um só lugar todos os registros de uma festa ou reunião, por exemplo.
“Nem sempre é fácil ter acesso às fotos que seus amigos tiraram de você, e todo mundo sempre insiste em tirar a mesma foto de grupo com vários celulares para ter certeza de ter uma cópia. Mesmo se você conseguir algumas das fotos tiradas pelos seus amigos, é difícil mantê-las organizadas em um mesmo lugar ou mesmo no seu telefone”, diz a postagem no blog oficial do Facebook.
De acordo com a empresa por trás da maior rede social do mundo, o Moments agrupa as fotos do seu celular com base na data em que elas foram feitas e em quais amigos aparecem nelas. Depois, ele permite que você as compartilhe de forma privada com as pessoas que quiser, e vice-versa.

TSE: CASSAÇÃO DA CHAPA DILMA E TEMER


dilma-e-temer
O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por maioria de votos, na noite desta terça-feira (25), dar prosseguimento à Ação de Investigação de Mandato Eletivo (AIME) 761, proposta pela Coligação Muda Brasil – que teve o candidato Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República nas eleições de 2014 –, contra a Coligação Com a Força do Povo, da candidata Dilma Rousseff, além do vice-presidente Michel Temer e do próprio Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).
O julgamento, porém, não terminou, uma vez que a ministra Luciana Lóssio pediu vista dos autos. Isso porque o ministro Luiz Fux levou ao Plenário nesta noite seu voto-vista pelo prosseguimento da ação, mas propôs a concentração, em um só processo, de todas as ações em trâmite na Corte com o mesmo objetivo, “para que tudo seja julgado de uma só vez”.
De acordo com o ministro Luiz Fux, “não é interessante para a Justiça Eleitoral a existência de múltiplos processos, cada um julgado em um momento. A reunião de todos esses processos é salutar e tenho procurado fazer isso nesta Corte, para evitar decisões conflitantes”.
Pedido
O PSDB afirma, na AIME, que durante a campanha eleitoral de 2014 houve: abuso de poder político de Dilma pela prática de desvio de finalidade na convocação de rede nacional de emissoras de radiodifusão; manipulação na divulgação de indicadores socioeconômicos – abuso cumulado com perpetração de fraude; uso indevido de prédios e equipamentos públicos para a realização de atos próprios de campanha e veiculação de publicidade institucional em período vedado

DENATRAN: TESTES DE USO DE DROGAS


bafometromarEm menos de um ano, o Brasil deve passar a fazer testes de uso de drogas em fiscalizações de trânsito, a exemplo do que ocorre com o bafômetro para o consumo de álcool. A afirmação foi dada pelo assessor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Daniel Cândido, em audiência pública nesta terça-feira (25) na Comissão de Viação e Transportes.
A falta dos kits para detecção de uso de drogas faz com que a Polícia Rodoviária Federal use a intuição, como explica o chefe da divisão de Planejamento Operacional do órgão, Edson Nunes de Souza. “Se ele apresenta algum comportamento que dá indícios de ter consumido algum tipo de substância e deu negativo no teste de etilômetro, a gente acredita que ele pode estar sob uso de alguma substância ativa. A gente pode encaminhá-lo à polícia judiciária para que esta faça os procedimentos e testes para analisar se realmente ele está sob efeito de alguma droga.”

STF: MELHORIA NAS PRISÕES

CNVHkRuWgAAP120O Supremo Tribunal Federal, por unanimidade de votos, acaba de proferir decisão histórica capaz de resolver a caótica situação das prisões brasileiras. Verificam-se ali contínuas violações a direitos e garantias constitucionais fundamentais da pessoa humana, objeto de repulsas de associações humanitárias e de condenação internacional do País por desrespeitar as regras da Convenção Interamericana de Direitos Humanos e do Sistema Interamericano de Proteção aos Direitos Humanos. A decisão tão importante não repercutiu como deveria na mídia. Talvez a crise explique.
Nos nossos presídios, o preso recebe uma “pena extra”, imposta pela administração penitenciária, qual seja, superlotação, risco de eletrocussão, submissão às organizações criminosas controladoras do interior dos presídios, banheiros entupidos, esgoto a céu aberto etc. Por evidente, e como destacou Lewandowski, o Judiciário, sem violação à regra constitucional republicana da separação dos poderes, pode intervir para impor o cumprimento, ao Executivo, de obrigação de fazer, no caso, obras emergenciais.
WILL NUNES:
Só existe um problema! Cadê os recursos?

PRB 10 ANOS

marcos-pereira-prb-comemoracao-10-anos-prb-foto-douglas-gomes-25-08-15
Evento em comemoração aos 10 anos do PRB foi realizado na Câmara dos Deputados.

Brasília (DF) – Os 10 anos de fundação do Partido Republicano Brasileiro (PRB) foi comemorado em grande estilo na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (25).
A inauguração da “Exposição Comemorativa PRB 10 Anos” marcou o início das celebrações pela manhã.  A galeria está situada no corredor de acesso ao Plenário Ulysses Guimarães (Anexo II) e estará aberta para visitação ao público até o dia 10 de setembro. Ainda pela manhã, lideranças políticas, militantes, personalidades e autoridades de todo o país lotaram o Plenário da Casa para participar da sessão solene em homenagem a sigla.
marcelo-crivella-prb-celso-russomanno-prb-marcos-pereira-prb-10-anos-prb-foto-douglas-gomes-25-08-15No período da tarde, as comemoração prosseguiram no Auditório Nereu Ramos (Anexo II). A primeira atração ficou por conta de um debate descontraído com o líder nacional doPRB, Marcos Pereira, comandado pelo líder do PRB na Câmara, deputado Celso Russomanno, e senador Marcelo Crivella. Na ocasião, Pereira falou sobre as curiosidades de sua vida pessoal, trajetória de vida e os desafios de liderar uma agremiação política. O republicano também falou sobre hobbies, como concilia a vida de homem público e pai de família, bem como sobre os seus ideais. Em um segundo momento, o bate-papo foi com o republicano Celso Russomanno, que falou sobre o Código de Defesa do Consumidor e sanou várias dúvidas dos participantes.
sergio-reis-prb-10-anos-prb-foto-douglas-gomes-25-08-15A segunda parte do evento ficou por conta da apresentação musical com o senador Marcelo Crivella com a melodia “Vai Arrebentar” e modas de viola com o cantor Sérgio Reis, uma das maiores vozes sertanejas do Brasil. Reis também é deputado federal pelo PRB no Estado de São Paulo.
O evento também foi marcado pela filiação do ex-zagueiro da seleção brasileira de futebol, Edmilson Moraes. O novo republicano também vai comandar os trabalhos do PRB no município de Taquaritinga, em São Paulo, e é um possível candidato nas eleições municipais de 2016.  Também foram abonadas as filiações do prefeito do município de Leme (SP), Gú Zanóbia, e do vice-prefeito de Itu (SP), Neto Beluci.
ronaldo-martins-prb-jingle-10-anos-foto-douglas-gomes-25-08-15A surpresa do evento ficou por conta do lançamento da nova versão do jingle do PRB. interpretado pelo deputado federal pelo PRB Ceará, Ronaldo Martins. Com o slogan “Meu Coração é 10″, a melodia traz ritmos de vários estados brasileiros: xote, capoeira, forró, reggae, hip hop, sertanejo, vanerão e samba. “Procuramos mesclar um pouco sobre os ritmos de cada estado de norte a sul do país. Apesar da diferença, o refrão nos une em um só tom: somos PRB e a missão é trabalhar para fazer o Brasil crescer”, destacou Martins.

JANÁUBA: VICE OCUPARÁ CADEIRA DO PREFEITO

Em razão da viagem do prefeito de Janaúba Yuji Yamada (PRP)  para o Japão. O vice-prefeito Aldimar Rodrigues (PMDB) sentará na cadeira do executivo por 30 dias. O fato ocorrerá dia 08 de setembro.

MONTES CLAROS: PMDB E PT JUNTOS?

São fortes os rumores nos bastidores que existe um movimento para unir PT e PMDB na eleição municipal de 2016 em Montes Claros. Atualmente o PMDB faz parte da base política do governo municipal.


BELO HORIZONTE: PMDB DE BH SE TRANSFORMOU EM COMISSÃO PROVISÓRIA

O diretório do PMDB em Belo Horizonte foi dissolvido e transformado pelo comando estadual em comissão provisória. A presidência continua com o deputado federal Leonardo Quintão, que teve seu poder sobre a legenda reduzido com essa alteração. É que a comissão também pode ser dissolvida pela direção estadual a qualquer instante, em caso de divergência, principalmente na condução do processo eleitoral na capital. O diretório só pode ser mudado com a realização de eleição entre os filiados. Quintão garante que o objetivo da mudança foi apenas acomodar as principais forças do partido na capital e assegura que dentro da legenda o clima é de “total harmonia”. “A intenção foi compor com todas as correntes do partido na capital”, afirma o deputado, pré-candidato a prefeito de BH, cargo que disputou em 2008 contra o atual chefe do Executivo, Marcio Lacerda (PSB), que saiu vencedor no segundo turno

UBERLÂNDIA: IRMÃOS PRADO FORA DO PT


O deputado federal Weliton Prado, que entrou com ação na Justiça Eleitoral alegando “justa causa” para se desfiliar do PT, pode não ser a única baixa do partido. Com ele, podem deixar a legenda seus dois irmãos, o vereador Ismar Prado, de Uberlândia, base eleitoral da família, e o deputado estadual Elismar Prado (PT). Os dois podem ir para o mesmo partido de Weliton, que ainda não anunciou seu destino, mas especulações dão conta de que ele pode se aliar ao principal adversário do PT em Uberlândia, o deputado federal e ex-prefeito da cidade Odelmo Leão (PP), que vai disputar a prefeitura com Gilmar Machado (PT), que tentará a reeleição.


MONTES CLAROS: PREFEITURA ABRE LICITAÇÃO PARA A EXPLORAÇÃO DO SERVIÇO DE ÁGUA E ESGOTO NO MUNICÍPIO

A Prefeitura de Montes Claros publicou no Diário Eletrônico Municipal, o ato justificativo de concessão do serviço de água e esgoto. A empresa vencedora da licitação explorará o serviço durante 35 anos.